A sessão foi criada por sugestão do amigo jornalista, roteirista e cineasta Penna Filho, a título de reverenciar a memória do jornalista, televisista, radialista, cronista, escritor carioca Sérgio Porto e seu heterônimo Stanislaw Ponte Preta, criador das Certinhas do Lalau no jornal Última Hora, do Rio de Janeiro.
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18






















As Certinhas do Oleari + Poesia - Olavo Bilac: As Amazonas - Seleção de Walder Rocha (*)

31 de julho de 2015
As Amazonas
















Nem sempre durareis, eras sombrias
De miséria moral! A aurora esperas,
Ó Pátria! e ela virá, com outras eras,
Outro sol, outra crença em outros dias!
Davi renascerá contra Golias,
Alcides contra os pântanos e as feras:
Os corações serão como crateras,
E hão de em lavas mudar-se as cinzas frias.
As nobres ambições, força e bondade,
Justiça e paz virão sobre estas zonas,
Da confusa fusão da ardente escória.
E, na sua divina majestade,
Virgens, reviverão as Amazonas
Na cavalgada esplêndida da glória!


(*) Walder Rocha fez esta seleção de poesia e ilustração em 10 de setembro de 2009. Com estas, ele mandou uma série de outras, algumas ainda não publicadas aqui nesta sessão. 

Em 2009, uqui rolava ainda era o Blogui Don Oleari.

Ele foi o introdutor de poesia na sessão criada por sugestão do meu manuvéi Penna Filho, "As Certinhas do Oleari"em memória do grande cronista e escritor carioca Stanislaw Ponte Preta/Sergio Porto, reverenciando "As Certinhas do Lalau", que desfilavam em sua coluna no jornal Última Hora, do Rio de Janeiro.


COMENTAR

COPYRIGHT© 2007-2014 Don Oleari Ponto Com - Todos os direitos reservados - Aldeia Verbal Produções e Jornalismo.